Consultoria de imagem e coloração pessoal | Marci Marciano

Consultoria de imagem e análise de coloração pessoal

Ontem falei no stories do Instagram sobre Consultoria de imagem e análise de coloração pessoal, e percebi que muitas tem dúvidas sobre o processo.
De uns anos pra cá, o trabalho da consultora de imagem, ou de estilo, ou personal stylist, ficou popular. Muitas escolas formando muitas consultoras, cada uma falando uma coisa e gera confusão e ruído na cabeça de quem tem interesse pelo serviço.

É sobre a cliente!:

A consultoria de imagem é única e exclusivamente sobre a cliente. Quem tem que brilhar é ela, quem tem que aparecer é ela. Pode parecer contraditório eu dizer isso, já que no meu instagram acabo me usando como exemplo pra dar dicas de estilo, mas faço isso para não expor minhas clientes e também para que as pessoas me conheçam como sou. Com minhas forças e fraquezas. Mas quando vou atender alguém, tudo é construído em cima do que a cliente quer transmitir.
O trabalho de consultoria de imagem não pode ser feito por qualquer pessoa. Por exemplo, quem faz engenharia geralmente tem habilidade com exatas, certo? A consultora precisa ter empatia. Sem empatia o trabalho não fica bom. É se colocar literalmente nos sapatos do outro, permanecer lá por um tempo, conhecer as dores de ser aquela pessoa. Não é sobre apontar defeitos para assim minimiza-los, também não é falar pra menina magra que se acha gorda que ela não tem problema. É entender o problema da cliente, dar atenção, e junto com ela encontrar soluções para que tenha uma vida feliz.

Não tem receita de bolo:

O meu processo de consultoria de imagem completa consiste em conhecer a cliente, nem que seja em uma conferência de video. Faço algumas perguntas e monto um orçamento contemplando as necessidades dela. Tendo afinidade, combinamos o serviço, que é pago antes de começar. No meu caso, pode ser dividido em até 8 vezes no cartão de crédito.
Iniciando o processo são feitas 3 entrevistas presenciais. No mesmo dia fazemos a análise de coloração pessoal e de silhueta. Com estas informações, monto a identidade visual, que são algumas opções de looks para as demandas de todos os papéis que a cliente desempenha. Com a identidade visual aprovada, partimos para a revitalização de guarda roupas, na qual tiramos peças que não funcionam mais, mandamos para ajustes as que não servem, e listamos o que é necessário comprar para compor a identidade visual.
A próxima etapa é a de compras. Vamos para as lojas a fim de entender qual tipo de roupa deve ser comprado, quais peças vale a pena investir. A cliente não é obrigada a comprar nada e vamos em todos os tipos de loja, tudo adequado as necessidades da cliente.
A última etapa é a montagem de looks. Neste momento pego as peças que compramos e as que já estão no guarda roupas e monto de 25 a 30 looks que vão servir de inspiração para muitos outros.
Estas são as etapas e a ordem na qual devem acontecer, mas nada é assim tão quadradinho e tão fechadinho. Cada cliente tem uma necessidade e um processo. Já adaptei inúmeras vezes o método a fim de deixar a cliente mais confortável e desenvolver uma nova relação com a moda.
Meu objetivo é ver pessoas florescerem. Se sentir melhores com elas mesmas, mais seguras, mais felizes. Não é sobre moda, é sobre a pessoa que veste a roupa. Todo processo que faço é visando na independência da cliente, que em algum momento ela consigo comprar roupas sozinha, se vestir sozinha e enquanto isso não acontece, estou a disposição para ajudar, mas quero mulheres seguras de si, que se sintam bonitas como são e que só voltem pra consultoria com alguma demanda especifica (e Deus me livre refazerem o processo com outra consultora rs)

A banalização da auto estima:

Este papo de que a consultoria de imagem vai trazer sua auto estima de volta é balela.
Muitas se apropriaram deste discurso, entrando na onda do empoderamento feminino, mas o fizeram de forma a criar um novo padrão de mulheres. Ai fica complicado a gente querer sair da caixinha de um padrão e entrar em outra.
Eu mesma passei por um processo de consultoria para melhorar minha auto estima quando estava completamente destruída e desestruturada pelo transtorno alimentar, e encontrei pessoas que só reafirmaram meu desconforto.
Sei que não somos psicólogas e não temos a obrigação de curarmos traumas. Mas quando nos dispomos a trabalhar nesta área, temos que ter escuta ativa, e ouvir com o coração. Vai muito além do que a cliente fala. É o que ela gosta, o que ela preza, como ela quer se sentir, o que vai fazê-la ser mais segura.
Já errei com uma cliente, na verdade posso ter errado com mais, mas só uma sinalizou. Poderia dizer que a culpa foi dela que não falou o que queria, mas a partir do momento que me disponho a atender alguém, comprei a briga daquela pessoa, e o mínimo que tenho a fazer é com que se sinta segura com o que veste. Neste caso específico, mudei o processo, começamos de novo e hoje estou segura de que ela está feliz.

Como escolher sua consultora:

Nunca vá pelos números nas redes sociais! Isso só quer dizer que a pessoa se vende bem, mas nunca que ela atende bem. No meu caso, não faço stories quando atendo minhas clientes porque estou tão imersa naquela pessoa que nem lembro que tenho celular. Posto poucas fotos de clientes para preservar a imagem delas, muitas não gostam de aparecer, geralmente posto fotos que elas mesma já postaram, mas isso é uma questão minha, não indica a qualidade da consultora.
Procure por informações, onde ela fez a formação (se tiver algum curso da Ilana Berenholc no cv pode ir de braços abertos rsrsrs). Procure site, redes sociais, veja como ela fala, isso vai dizer muito sobre a pessoa com quem você vai dividir sua vida. Depois disso, marque um bate papo, mesmo que seja por vídeo. Pergunte tudo que você quer saber. E não se prenda a valores. Se a consultoria completa for um investimento alto naquele momento, faça o serviço mais em conta da pessoa que você teve mais afinidade. Peça para parcelar. Mais vale ser atendido por quem você quer em um serviço menor do que fazer o processo todo com outra pessoa só pelo preço.

Sobre análise de coloração pessoal:

Este assunto é polêmico!
Está super na moda falar de e fazer análise de coloração pessoal.
A verdade é que o método sazonal expandido foi desenvolvido no Brasil pela Ilana, logo, só ela e a Mila Codato podem ensinar este método.
A análise é feita com tecidos que chamamos de drapes e vamos passando próximo ao rosto e procurando qual família de tecidos deixa a cliente mais harmoniosa, bonita, corada, com aspecto de saúde (nunca em hipótese alguma a consultora pode apontar um defeito seu, muito menos dizer que aquela cor ameniza esta característica) e assim, descobrimos qual paleta de cores favorece a pessoa para ser usada próximo ao rosto.
Então fiquem atentas. é impossível prever uma paleta de cores sem fazer a análise com os tecidos. Algumas profissionais ensinam que dá para ver as características do rosto e assim prever qual a paleta daquela pessoa, mas pasmem, pessoas com as exatas mesmas características físicas tem paletas diferentes, então é muito improvável acertar só de olhar.
Quando forem passar pela análise você deve estar sem maquiagem, e com a luz do sol, ou a consultora deve levar o material próprio que reproduz a luz natural. Também é importante ter um espelho para que cliente e consultora vejam o processo juntas e no mesmo ângulo.
Ao final do processo, a consultora tem como obrigação te entregar a cartela com as cores, mesmo que seja virtual, pode parecer óbvio, mas já vi muita consultora não entregar nem a virtual!
Deem uma olhada neste video que fiz a análise da Marieli:
Bom, se você quer passar pelo processo, já sabem onde me procurar, mas caso queira conhecer outras consultoras, vou indicar abaixo mulheres que admiro muito e tenho afinidade com o trabalho, mas tem abordagens diferentes da minha.
Carol Coêlho: @carolcoelhoimagem
Amanda Moré: @amandamore.estilo
Jack Brossi: @jackbrossimiori
Caroline Souza: @csimagemestilo
Miriam Lima: @miriamlima.imagem
Mila Codato: @milacodato
Joana Montenegro: @joanamontenegro_
Marina França: @marinafrancastylist
Sara Kulzer: @vestidadesucesso
Camila Rocha: @camila.estilo
Giovanna Vanni: @bloom_estilo
Mas busquem com cuidado e  indique a consultora que foi boa pra você para as amigas, mas não esqueçam nunca que o processo é sobre você. Você merece toda atenção do mundo e ser compreendida e bem tratada.

0 comments
0 likes
« Looks com parka

Related posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marci Marciano

"Vejo a moda como a principal ferramenta para expressar aquilo que somos e elevar a auto estima."

Últimos Posts
Facebook
Mais Lidos
Arquivo