Como se aceitar: o caminho da auto aceitação | Marci Marciano | Consultora de Moda

Como se aceitar

Sempre falo aqui sobre auto estima, mas nunca contei como se aceitar.
Óbvio que não existe uma receita pronta, senão todas nos aceitaríamos e o mundo seria perfeito, mas quero compartilhar com vocês o caminho que percorri pra chegar no ponto onde estou.

Valorizando as aparências:

Como já contei aqui, sempre fui muito focada em aparência física, senão me sentisse bonita, ficava muito mal, abalada com minha auto estima e as vezes até de mal humor.
Dentre tudo que acreditava ser um defeito em mim, que no caso eram os cabelos cacheados, usar óculos e estar acima do peso, só não tinha solução para o peso, já que gosto de comer e pra manter o peso que queria, precisava viver em dieta, e pra alcançar o corpo que acreditava que me traria felicidade, era necessário viver em dieta restritiva.

Compulsão alimentar:

De dois anos pra cá, engordei muito, e descobri que tenho compulsão alimentar, mas sempre a mantive sob controle.
Mas compulsão é como uma serzinho que mantemos dentro da gente e quanto mais preso fica, mais agressivo se torna, e foi quando veio com tudo, passei a comer demais e engordando um tanto que nunca tinha engordado antes.
As vezes me sinto estranha por não reconhecer este corpo como meu, mas foi assim que aprendi a amar cada pedacinho  dele. As poucos, uma parte por vez.

Foco no interior:

Também passei a focar no meu interior, em resolver os problemas que me levam a compulsão, nas causas do problema, e não a solução para o sintoma.
Ainda tenho crises de compulsão, mas não como antes, hoje é negociável, é consciente, ainda como pra me sentir melhor, mas estou buscando novas alternativas que não seja a comida.
E aceitar a compulsão, minhas vulnerabilidades, me fez mais forte, mais segura e reconhecer meus valores e qualidades.
No video, conto passo a passo de como aprendi a me amar.
Dá o play aí!

0 comments
0 likes
« Cardigan LongoParka no outono »

Related posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marci Marciano

"Vejo a moda como a principal ferramenta para expressar aquilo que somos e elevar a auto estima."

Últimos Posts
Facebook
Mais Lidos
Arquivo